Português

Determinar a potência de carga

21 de Maio de 2021 | Qualidade de energia

Além de ler uma placa de identificação, o método mais rápido para calcular a potência de um motor é utilizar uma pinça amperimétrica para medir a corrente e a tensão do motor e, em seguida, realizar o seguinte cálculo:

Potência (hp) = tensão x amperagem x % EFF x fator de potência x 1,73/746.

  • Tensão é a média das três tensões medidas: (A-B + A-C + B-C)/3.
  • Amperagem é a corrente média das três fases medidas: (A+B+C)/3.
  • % EFF é a eficiência do motor por placa de identificação do motor.
  • Fator de potência é a proporção de potência ativa (kW) para potência aparente (kVA). Na ausência de ferramentas de medição do fator de potência, uma regra é calcular o fator de potência a 0,85.
  • 1,73 é uma constante utilizada no cálculo da energia trifásica.
  • 746 é a constante para converter watts em potência (746 W = 1 hp).

Exemplo: Que quantidade de potência tem um motor de 25 hp que produz 472 volts e consome uma média de 20 amperes por fase com uma marcação de placa de identificação de motor de 90% de eficiência?

Se: Tensão x amperagem x % EFF x fator de potência x 1,73/746 = potência (hp)
Então: 472 V x 20 A x 0,90 x 0,85 x 1,73/746 = 17 hp.

É importante utilizar uma pinça amperimétrica True-RMS para obter leituras precisas. Embora normalmente seja possível ler correntes do motor diretamente em variadores de velocidade que alimentam um motor associado, outro equipamento irá exigir a utilização de um medidor que forneça leituras precisas na presença de harmónicos e distorção de onda sinusoidal.