Português

O que é a corrente?

12 de Julho de 2021 | Aplicações elétricas
O que é a corrente?

A corrente é a taxa à qual os eletrões passam por um ponto num circuito elétrico completo. No seu nível mais básico, corrente é igual a fluxo.

Um ampere (AM-pe-re), ou amp, é a unidade internacional utilizada para medir a corrente. Expressa a quantidade de eletrões (por vezes denominada "carga elétrica") que passa por um ponto num circuito durante um determinado período de tempo.

Uma corrente de 1 ampere significa que 1 coulomb de eletrões, ou seja, 6,24 x 1018 de eletrões, passa por um único ponto em um circuito em 1 segundo. O cálculo é semelhante a medir o fluxo de água: quantos litros passam por um único ponto num tubo em 1 minuto (litros por minuto, ou LPM).

O que é a corrente

Símbolos utilizados para amperes:

A = amperes, para uma grande quantidade de corrente (1000).
mA = miliamperes, um milésimo de um ampere (0,001).
µA = microamperes, um milionésimo de um ampere (0,000001).

Em fórmulas como a Lei de Ohm, a corrente também é representada por I (para intensidade).

O nome Ampere provém do matemático/físico francês Andrè-Marie Ampére (1775-1836), a quem se atribui ter provado que:

  • É gerado um campo magnético à volta de um condutor à medida que a corrente passa através do mesmo.
  • A força desse campo é diretamente proporcional à quantidade de corrente que flui.

Os eletrões fluem através de um condutor (normalmente um fio metálico, geralmente cobre) quando são cumpridos dois pré-requisitos de um circuito elétrico:

  1. O circuito inclui uma fonte de energia (uma bateria, por exemplo) que produz tensão. Sem tensão, os eletrões deslocam-se de forma aleatória e bastante uniforme num fio e a corrente não pode fluir. A tensão cria uma pressão que guia os eletrões numa única direção.
  2. O circuito forma um loop fechado e condutor através do qual os eletrões podem fluir, fornecendo energia a qualquer dispositivo (uma carga) ligado ao circuito. Um circuito é fechado (completo) quando um interruptor é colocado na posição ON (ligado) ou CLOSED (fechado) (consulte o diagrama no topo desta página).

A corrente, como a tensão, pode ser contínua ou alternada.

Corrente contínua (DC):

  • Representada pelos símbolos Símbolo de corrente contínua 1 ou Símbolo de corrente contínua 2 num multímetro digital.
  • Flui apenas numa direção.
  • Fonte comum: baterias ou gerador DC.

Corrente alternada (AC):

  • Representada pelos símbolos Símbolo de corrente alternada 1 ou Símbolo de corrente alternada 2 num multímetro digital.
  • Flui num padrão de onda sinusoidal (mostrado abaixo); inverte a direção em intervalos regulares.
  • Fonte comum: tomadas elétricas domésticas alimentadas por uma rede pública.
O que é a corrente?
Acima: Corrente alternada na forma de uma onda sinusoidal.

A maioria dos multímetros digitais pode medir corrente DC ou AC não superior a 10 amperes. Uma corrente mais alta deve ser reduzida com um acessório de pinça de corrente, que mede a corrente (de 0,01 A ou menos até 1000 A) através da medição da força do campo magnético em torno de um condutor. Isto permite medições sem abrir o circuito.

Qualquer componente (lâmpada, motor, elemento de aquecimento) que converta energia elétrica em outra forma de energia (luz, movimento de rotação, calor) utiliza corrente.

Quando são adicionadas cargas adicionais a um circuito, este tem de fornecer mais corrente. O tamanho dos condutores, fusíveis e componentes determina a quantidade de corrente que irá fluir através do circuito.

As medições de amperagem são normalmente realizadas para indicar a quantidade de carga do circuito ou a condição de uma carga. A medição da corrente é um procedimento padrão da resolução de problemas.

A corrente flui apenas quando a tensão fornece a pressão necessária para fazer com que os eletrões se movam. Fontes de tensão diferentes produzem quantidades diferentes de corrente. As pilhas padrão para uso doméstico (AAA, AA, C e D) produzem 1,5 volts cada, mas as pilhas maiores são capazes de fornecer maiores quantidades de corrente.

Recursos recomendados:

Bibliografia: Digital Multimeter Principles por Glen A. Mazur, American Technical Publishers.