Como o equipamento de detecção de vazamento de ar impede o tempo de inatividade

05-16-2019 |

A Fluke entrevistou um fabricante e falou sobre vazamentos de ar. Este fabricante literalmente ajuda a manter as rodas do comércio funcionando. Como um dos principais fabricantes de pós-venda de equipamentos de serviços de rodas do mundo, a empresa projeta, constrói e comercializa produtos sob marcas confiáveis e distintas.

Gerador de Imagens Industrial Ultrassônico Fluke ii900

Muitos dos processos deste fabricante dependem de ar comprimido para operar cerca de 400 ferramentas em sua fábrica de 1.395 metros quadrados - tudo a partir de um compressor de 200 cavalos. "Usamos ar comprimido em todos os lugares na fábrica - em furadeiras pneumáticas, soldadores robóticos, cortadores a laser e equipamentos para revestimento em pó", conta o presidente da empresa. Com ar comprimido, surgem ruídos e vazamentos de ar.

Controlar o desperdício de energia

Vazamentos de ar fazem com que o equipamento acionado por ar comprimido trabalhe mais, ocasionando o desperdício de energia. O potencial de vazamentos de ar na fábrica aumenta ainda mais com a presença de equipamentos antigos acumulados nas últimas décadas, provenientes de diversas consolidações da fábrica. Escutar vazamentos de ar pode ser muito difícil em um ambiente cheio de ruídos. Por isso, grande parte das atividades de detecção de vazamento é realizada após o expediente.

"Normalmente esperamos até que o local fique muito silencioso, no horário em que os operadores não estão trabalhando ou durante a manutenção, e tentamos ouvir os vazamentos de ar da melhor forma possível", conta o supervisor de manutenção. "Também usamos garrafas contendo água com sabão para borrifar sobre uma área onde achamos que possa haver um vazamento e procuramos possíveis bolhas". Esse método de borrifar e observar requer que os operadores de manutenção estejam próximos o suficiente do possível vazamento para ouvi-lo e borrifar a solução na área certa.

O outro método para encontrar vazamentos de ar comprimido é usar um detector de vazamento ultrassônico. Esse método exige tempo e também um indivíduo altamente treinado para conseguir localizar todos os vazamentos. Pequenos vazamentos podem ser particularmente difíceis de detectar pelo ouvido humano, e nem todos os vazamentos estão em áreas de fácil acesso. Pode ser uma tarefa muito difícil.

Veja o som que você não consegue ouvir

Quando a Fluke abordou esse fabricante para falar do teste do seu Gerador de Imagens Industrial Ultrassônico ii900 da Fluke, capaz de identificar vazamentos a 50 metros de distância em um ambiente barulhento, ele foi um pouco cético, mas estava disposto a experimentá-lo.

Os testes incluíam o líder de manutenção e o técnico de manutenção, que se alternaram por oito horas para procurar vazamentos em toda a fábrica, utilizando dois geradores de imagens industriais ultrassônicos ii900. O ii900 permitiu que eles "vissem" o som enquanto procuravam vazamentos em mangueiras, encaixes e conexões. Os resultados de sua pesquisa de vazamento surpreenderam a equipe de produção.

Eles encontraram aproximadamente 143 vazamentos, grandes e pequenos, em um único dia de trabalho.

“Eu duvidei de alguns dos vazamentos que a ferramenta estava encontrando, então borrifei esses pontos com água e sabão e vi que a ferramenta estava certa. Havia um vazamento onde ela indicou”, conta o técnico de manutenção.

O gerente de manutenção ficou particularmente impressionado com a capacidade do ii900 de encontrar até mesmo os menores vazamentos. "Pequenos vazamentos são muito difíceis de encontrar", diz ele. "Percebi que o ii900 descobriu alguns vazamentos que nós nunca teríamos encontrado apenas borrifando água com sabão. Encontramos um vazamento em uma linha de ar na sala de pintura que não poderíamos ouvir ou sentir ao colocar a mão ao redor. Mas era um vazamento evidente, que estava ali há algum tempo".

A matriz acústica integrada do ii900, composta de pequenos microfones sensíveis, gera um espectro de níveis de decibéis por frequência. Com base nessa saída, um algoritmo calcula uma imagem de som conhecida como SoundMap™, que é sobreposta em uma imagem visual. O SoundMap é adaptado automaticamente, dependendo do nível de frequência selecionado, para que o ruído de fundo seja filtrado. O SoundMap é atualizado na tela de 10 a 20 vezes por segundo.

Detecção de vazamento de ar de longo alcance

A equipe identificou rapidamente um vazamento de 8 metros para cima, em uma linha de ar suspensa.

"Fiquei impressionado com a facilidade de pegar o gerador de imagens ultrassônico da Fluke e andar pelos corredores, fazendo a leitura de uma área suspensa e identificando vazamentos rapidamente", conta o gerente de manutenção.

Além de ajudar a encontrar vazamentos muito difíceis de detectar, a equipe de produção acredita que o ii900 ofereça um potencial substancial para economizar tempo e custos. "Assim que encontrarmos e corrigirmos a maioria dos vazamentos pela primeira vez, provavelmente poderemos fazer acompanhamentos e verificar toda a fábrica em um turno de cerca de oito horas". Isso ajudaria a economizar custos com horas extras, pois os funcionários poderiam procurar vazamentos de ar durante seu turno, e não após o expediente.

Ele também vai economizar energia e o desgaste do equipamento. "Os vazamentos de ar consomem o dinheiro da empresa", conta o gerente de manutenção. "Eles são muito difíceis de localizar, por isso é difícil direcionar a equipe de manutenção para o local certo. A possibilidade de usar o gerador de imagens ultrassônico da Fluke para tirar uma foto do vazamento e enviá-la às nossas equipes de manutenção como parte da ordem de serviço é extremamente útil. Nós achamos que ele vai nos ajudar a economizar muito, tanto em custos de mão de obra quanto em energia".

Recursos relacionados