Keep your world up and running.
Home  |  Centros de Solução  |  Segurança Intrínseca  |  Home

Segurança Intrínseca

O que significa ser "Intrinsecamente Seguro"? »

Para que indústrias foram concebidos os produtos intrinsecamente seguros? »

Quais são os três elementos-chave da combustão? »

Quais são os regulamentos e orientações? »

Entidades de Acreditação, exemplos »

Compreender os sistemas de classificação de produto »

Produtos intrinsecamente seguros da Fluke


707EX Calibrador de Loop Intrinsecamente Seguro »

718Ex Calibrador de Pressão Intrinsecamente Seguro »

725Ex Calibrador de Processos Multifunções »

Multímetro True RMS Intrinsecamente Seguro Fluke 87V Ex »


O que significa ser "Intrinsecamente Seguro"?

Um método de protecção empregue em atmosferas potencialmente explosivas. As ferramentas de segurança intrínseca certificadas foram concebidas para prevenir a libertação de energia que possa causar a ignição de material inflamável. As normas de segurança intrínseca aplicam-se a todos os equipamentos que possam criar uma ou mais fontes potenciais de explosão, de uma gama definida deste tipo de fontes.

  • Faíscas eléctricas
  • Arcos eléctricos
  • Chamas
  • Superfícies quentes
  • Electricidade estática
  • Radiação electromagnética
  • Reacções químicas
  • Impacto mecânico
  • Fricção mecânica
  • Ignição por compressão
  • Energia acústica
  • Radiação ionizante

Para que indústrias foram concebidos os produtos intrinsecamente seguros?

  • Petroquímica
  • Plataformas e refinarias petrolíferas
  • Farmacêutica
  • Condutas
  • Qualquer ambiente onde possam estar presentes gases ou vapores explosivos

Os Três Elementos-Chave da Combustão são:

  • Material inflamável (gases, partículas/poeira)
  • Oxigénio/ar
  • Fonte de Ignição

Esta combinação é muito comum nas indústrias química, petroquímica e farmacêutica. Os exemplos abaixo da quantidade de material inflamável necessária à ignição indicam que basta uma pequena quantidade para existir um risco para os trabalhadores.

Limite Mínimo de Explosão da Substância

(% de volume)

Acetileno 2,3
Etileno 2,3
Gasolina ~0,6
Benzeno 1,2
Gás Natural 4,0(7,0)
Fuelóleo/gasóleo ~0,6
Metano 4,4
Propano 1,7
Sulfureto de carbono 0,6
Hidrogénio 4,0

Quais são os Regulamentos e Orientações?

ATEX (Europa)

A Directiva 94/9/CE da União Europeia, geralmente denominada ATEX ("Atmosferas Potencialmente Explosivas") é o principal regulamento Europeu para sistemas e equipamento de protecção destinados à utilização em atmosferas potencialmente explosivas. Destinada a ser uma directiva de harmonização total, descreve requisitos essenciais de segurança e saúde, e substitui toda a legislação dos Estados-Membros que seja divergente desta.

Esta directiva tornou-se obrigatória para equipamentos eléctricos e electrónicos destinados a serem utilizados em ambientes potencialmente explosivos, à venda na UE desde 1 de Julho de 2003.

Estão a ser adoptadas, pelo mundo, normas derivadas da ATEX.

NEC (Estados Unidos)

O National Electrical Code (NEC) é a base de todos os códigos eléctricos dos Estados Unidos. O NEC 500 e o 505 cobrem as classificações e marcações de produto para áreas de perigo. As interpretações do NEC 500, uma regulamentação de longa data, são usadas em todo o mundo (fora da Europa). O NEC 505 é semelhante ao ATEX.


Entidades de Acreditação, Exemplos

Factory Mutual

A Factory Mutual Research, gerida pela Factory Mutual (FM) Global, possui normas de orientação para utilização de equipamento em atmosferas potencialmente explosivas.

Canadian Standards Association (CSA)

Entidade de Acreditação para regulamentos Norte-Americanos sediada em Toronto, Canadá.
 

ZELM

Entidade de Acreditação Europeia ATEC, localizada na Alemanha.
 

KEMA

Entidade de Acreditação Europeia ATEX, localizada na Holanda.


Compreender os Sistemas de Classificação de Produto

Todos os equipamentos de Segurança Intrínseca aprovados são classificados de acordo com a ATEX e com, ou a NEC, ou o Manual de Normas de Fabrico. Os sistemas de classificação correspondentes permitem-lhe compreender quais as zonas, tipo de protecção, grupos de gás e classes de temperatura para as quais o equipamento foi aprovado.

Exemplo: o Fluke 707ex cumpre as Normas ATEX II 2 G Ex ia IIC T4


O símbolo de inspecção ATEX. Na Europa, este símbolo deve estar presente em todos os equipamentos utilizados em ambientes perigosos.
II 2 G A classificação de zonas. “II” indica que o equipamento está aprovado para todas as áreas que não sejam de exploração mineira. “2” representa a categoria do equipamento; neste caso, o equipamento tem classificação para as segundas áreas mais perigosas. “G” designa a atmosfera; neste caso, uma atmosfera com gases, vapores e vapor de água.
Ex Protecção contra explosões com base nas regulamentações Ex Europeias.
ia O tipo de protecção contra explosão; neste caso, a energia de um equipamento ou conector foi reduzida para um valor seguro.
IIC Grupo de Gás. “IIC” indica compatibilidade com o grupo de gases mais perigosos.
T4 Classe de Temperatura é a temperatura máxima a que uma superfície pode estar.
  Exemplo da Classificação Factory Mutual: o Fluke 707ex tem a classificação N.I. da FM. Classe 1, Div 2, Grupos A-D, T4.
A marca "Aprovado" da Factory Mutual.
N.I. Nos aparelhos não-inflamáveis, a energia interna é limitada e, por isso, uma atmosfera específica não pode ser inflamada pelo seu uso.
Classe I Para utilização com gases, vapores e líquidos (que não poeiras, fibras ou limalhas).
Div 2 Certificado para utilização na Zona 2, as atmosferas explosivas não estão normalmente presentes, mas podem existir raramente e por uma curta duração.
Grupos A-D Classificados para utilização com gases inflamáveis tal como definido pelos grupos A-D, incluindo acetileno, hidrogénio, acetileno e propano.

Outros recursos.

Notas de aplicação:

Backgrounder de certificação ATEX »
Um breve olhar ATEX e seu impacto sobre os e.u. »
Loops de processo de solução de problemas em atmosferas potencialmente explosivas »
Calibrar transmissores de pressão e switches em ambientes potencialmente explosivos »

Folhas de dados de produto:

Calibrador de loop intrinsecamente seguros 707Ex »
Calibrador de pressão intrinsecamente seguros 718Ex »
725Ex processo multifuncional Calibator »

Important Industry Links:


Institute of Electrical and Electronics Engineers, Inc., (US) »
Electrical Contractors Association (UK) »
Dept. of Trade & Industry (UK) »
Institution of Electrical Engineers (UK) »
Health and Safety Commission (UK) »
European Commission »
Canadian Standards Association »
Factory Mutual (Canada & U.S.) »
International Electrotechnical Commission »
KEMA Registered Quality Nederland BV (KEMA – Europe) »
National Fire Protection Association (U.S) »
U.S. Department of Labor  Occupational Safety & Health Administration »
ZELM Ex e.K. (Europe) »
Página inicial  |   Mapa do Site  |   Perfil Corporativo
Declaração de Privacidade  |  Termos de Utilização   |  Termos e Condições
© 1995 - 2017 Fluke Corporation